27/11/18

Cinema pela Inclusão | "O meu pé esquerdo" de Jim Sheridan | 27 de Novembro | 21h00 | Biblioteca Pública da Horta


Baseado numa história verídica, retrata a vida de Christy Brown (1932-1981), que nasceu no seio de uma família irlandesa de classe baixa, com uma paralisia cerebral que lhe tirou todos os movimentos do corpo e o manteve preso a uma cadeira de rodas. O pé esquerdo de Christy foi a única parte do corpo que não foi afetada pela doença e com ele conseguiu afirmar-se como escritor e pintor.
A interpretação de Christy Brown por Daniel Day-Lewis valeu-lhe o Óscar para melhor actor.

Teatro | "Paragem da Esperança" de Isolda Brasil | 30 de Novembro, 1, 7 e 8 de Dezembro | 21h30 | Alpendre | Angra do Heroísmo



O Alpendre leva a cena nos dias 30 de novembro, 1, 7 e 8 de dezembro a peça "Paragem da Esperança" de Isolda Brasil e encenação de António Braga.
Com Carla Soares, Natal Machado, Pedro Santos, Margarida Costa e Amélia Borges.
Luz e som Eduardo contente.


"Na dormência do mundo moderno, no seio de uma cidade impessoal, um espectador anónimo percorre a sua rotina diária na carreira nº 33, deixando que o torpor do autocarro lhe invada os pensamentos e o faça esquecer da sua inconsequente existência."

Apoio: Direção Regional da Cultura dos Açores e Rádio Clube de Angra

20/11/18

Teatro | Embarcação do Inferno | 1 de Dezembro | 21h30 | Teatro Micaelense



Comemoraram-se, entre 2016 e 2018, os 500 anos da primeira apresentação e da primeira publicação do “Auto de Moralidade da Embarcação do Inferno”, também conhecido como “Auto da Barca do Inferno”.

A Escola da Noite e o Cendrev - Centro Dramático de Évora celebram este momento fundador do Teatro português, convidando os espectadores a voltarem a olhar para a peça e a confrontarem-se com tudo o que ela continua a ter para nos oferecer, cinco séculos depois. No texto que escreveu para o programa do espetáculo, o consultor científico do projeto, José Augusto Cardoso Bernardes, salienta: “Pela mão qualificada, segura e inventiva da Escola da Noite e do Centro Dramático de Évora, ficamos em condições de problematizar temas de sempre: Morte e Vida, Mal e Bem, Ter e Poder. E, para tal, nem sequer precisamos de sair completamente do século XXI. Com os pés assentes no nosso tempo, bastará alongar o ouvido e apurar a visão para escutar a sensibilidade e a moral de um outro tempo que, afinal, não está ainda tão afastado de nós como pode parecer.”

Texto | Gil Vicente 
Encenação | António Augusto Barros e José Russo 
Interpretação | Ana Meira, Igor Lebreaud, Jorge Baião, José Russo, Maria João Robalo, Miguel Magalhães, Rosário Gonzaga, Rui Nuno, Sofia Lobo 
Figurinos e bonecos | Ana Rosa Assunção 
Cenografia | João Mendes Ribeiro e Luísa Bebiano 
Luz | António Rebocho 
Música | Luís Pedro Madeira 
Consultadoria científica | José Augusto Cardoso Bernardes
Coprodução | A Escola da Noite / Cendrev

SESSÃO ESCOLAS (por marcação) | 30 de novembro / 10h30 

Preço | €10 (descontos aplicáveis)
Duração | 60m (aprox.)
Classificação | m/12


Conferência | Gil Vicente no seu tempo e no nosso tempo | 27 de Novembro | 18h30 | Teatro Micaelense

Paralelamente às sessões do espectáculo “Embarcação do Inferno"* que A Escola da Noite e o Cendrev - Centro Dramático de Évora apresentam no Teatro Micaelense, promovemos a conferência “Gil Vicente no seu tempo e no nosso tempo”, sobre a vida e a obra do primeiro dramaturgo português.

José Augusto Cardoso Bernardes, consultor científico do projecto “Embarcação do Inferno”, é um dos maiores especialistas em Gil Vicente. Com a extraordinária capacidade de comunicação que o caracteriza, Bernardes tem ajudado a iluminar, junto de todos os tipos de público, o sentido que continua a fazer visitar a obra vicentina 500 anos depois de ela ter sido escrita.

Entrada gratuita, sujeita à lotação disponível.

15/11/18

Cinema | 3º Cine Atlântico - Cinema Português do Século XXI | 16 a 18 de Novembro | Recreio dos Artistas | Angra do Heroísmo


A 3ª Edição do Cine Atlântico conta com Cinema Português do Século XXI. Uma seleção de algumas das melhores curtas-metragens das últimas temporadas dos festivais e realizadores premiados como Leonor Teles, Diogo Costa Amarante, Carlos Conceição, Marta Mateus, David Pinheiro Vicente e Duarte Coimbra.

Bilhetes na Recreio dos Artistas: 3€ não sócios (sessão) 1,5€ sócios do Cine Clube da Ilha Terceira.


PROGRAMA

16 NOV./ 21H30
COLO | TERESA VILLAVERDE | FIC | POR, 2017, Cores, 136 min.



17 NOV./ 18H30
A BALADA DE UM BATRÁQUIO | LEONOR TELES | DOC | POR, 2016, 11 min.



CIDADE PEQUENA | DIOGO COSTA AMARANTE | DOC/FIC | POR, 2016, 19 min.



COELHO MAU | CARLOS CONCEIÇÃO | FIC | POR/FRA, 2017, 33 min.




FARPÕES BALDIOS | MARTA MATEUS | FIC/DOC | POR, 2017, 25 min.



ONDE O VERÃO VAI | DAVID PINHEIRO VICENTE | FIC | POR, 2018, 20 min.



AMOR, AVENIDAS NOVAS | DUARTE COIMBRA | FIC | POR, 2018, 20 min.



17 NOV./21H30
VERÃO DANADO | PEDRO CABELEIRA | FIC | POR, 2017, Cores, 127 min.


18 NOV./ 18H30
TERRA FRANCA | LEONOR TELLES | DOC | PORT, 2018, 80 min.



18 NOV./ 21H30
DJON ÁFRICA | FILIPA REIS E JOÃO MILLER GUERRA
FIC | Portugal/Brasil/Cabo Verde 2018, Cores, 96 min.