02/03/21

Humana|m3nte - performance

 


Humana|m3nte - performance

dias 19 (às 21h21), 20 (às 21h21) e 21 (às 15h51) de março


Sinopse: 
Alienados, somos atirados para uma época em que eventos súbitos, angustiantes e consideravelmente perigosos fazem parte da nossa vida. Assombra-nos a ideia de que 90% da população irá passar por pelo menos uma situação potencialmente traumática ao longo da vida, despoletando um estado de desequilíbrio emocional do qual se vê incapaz de sair, não conseguindo vislumbrar formas de resolução dos problemas.
Mas porque sentimos? Porque o sentimos?
A mente. A mente humana. A humana mente. Esse estado de consciência que nos distingue dos demais animais, que nos faz sentir, pensar, perceber e agir.
Vivemos a batalha constante entre o nosso eu, o nosso ego, com os nossos instintos mais básicos, o id, na busca pela satisfação imediata; contra um superego, uma sociedade ditadora de “bons costumes” e de uma moralidade exacerbada.
Questionamos....SERÁ A M3NT3 A “COND1ÇÃO” ET3RN4M3TE 1MP3RF31T4 D0 S3R HUM4N0?
---------------------------------------------
M/6
Duração aprox. 45 min'
---------------------------------------------
F1CH4 TÉCN1C4 |
interpretação, dramaturgia e criação coreográfica | D14N4 R05A 3 R4QU3L R4P050
direção artística e design de cena | 4N4 BRUM
design e técnico de luz | M4RKU5 TR0VÃO
imagem e espaço sonoro | P3DR0 P4CH3C0
músicas | ANDRÉ B4RR05
design gráfico | GU1LH3RM3 P4UL0
produção | CÃ35 D0 M4R
apoio à produção | 3ST3VÃ0 G0M3S

Informações adicionais:
• Número de lugares limitados
• Reserva de bilhetes obrigatória
Contatos
• 938 647 731
• cao.producao@gmail.com


08/01/21

PATRIMÓNIO - Cadernos Restauro MAH

 


O Museu de Angra do Heroísmo lança, no presente mês de janeiro, o segundo número de uma série de cinco cadernos de conservação e restauro, "Cadernos C-R", este da autoria de Anahí M. Riera, conservadora restauradora que integra a equipa do MAH e Jaime Regalado, técnico superior desta instituição e responsável pela Unidade de Gestão de “Militaria” e Armamento.

Estes cadernos visam sistematizar os pressupostos científicos subjacentes às ações de conservação e restauro que pautam o quotidiano desta instituição, cujo acervo se caracteriza pelo seu ecletismo. A presente edição abrange a intervenção em património militar de artilharia.

O primeiro caderno, publicado em novembro, intitulado “Critérios de Intervenção em Património em Metal”, explicitava as noções de corrosão e de pátina e sistematizava os critérios de intervenção em peças em metal ou com componentes metálicos, de forma a estabilizá-las e a minimizar os efeitos produzidos pelos agentes de deterioração.

Prevê-se ainda a publicação de outros três documentos, que abordarão as singularidades da conservação do armamento militar entendido como património industrial, a limpeza química em metais e a intervenção de conservação de capacetes “Pickelhaube”.

Os números já publicados encontram-se compilados on line na página do sítio do Museu de Angra do Heroísmo, na secção das Edições, acessível através do link https://museu-angra.azores.gov.pt/artigos.html.

A criação dos “Cadernos C-R” resulta, em primeira instância, da necessidade de harmonizar e, muitas vezes, estabelecer internamente novos procedimentos de conservação e restauro, partindo de intervenções coordenadas pelas técnicas da área que desempenham funções no Museu de Angra do Heroísmo. Estas intervenções têm-se traduzido na recuperação de diferentes peças do espólio do MAH pertencentes a diversas Unidades de Gestão, com especial ênfase para a de “Militaria” e Armamento, concentrada essencialmente no Núcleo de História Militar Manuel Coelho Baptista de Lima. Paralelamente, pretende-se promover a partilha de experiências com entidades com as mesmas competências e disponibilizar informação válida e sistematizada ao público em geral.

Link para a notícia.

14/01/20

CINEMA | Estreia | Documentário | ESSE MUNDO FORA DO MUNDO | 18 de Janeiro 2020 - 18h00 | Recreio dos Artistas | Angra do Heroísmo


A Associação Cultural Burra de Milho estreia no próximo dia 18 de Janeiro de 2020, pelas 18h00, na Recreio dos Artistas, o documentário "Esse Mundo Fora do Mundo", que conta com o apoio do Governo dos Açores e da Azores Airlines, assim como a parceria do Cineclube da Ilha Terceira.

Este filme teve origem num projeto de divulgação do cinema açoriano pelas comunidades emigradas (“Amostram´isse”) que decorreu entre 2013 e 2018, e mais especificamente pela passagem nessa região dos Estados Unidos, onde pudemos constatar toda a paixão e dedicação de algumas pessoas e entidades em relação a Portugal e aos Açores, às suas memórias, cultura e identidade.

Aborda a perspetiva de alguns elementos da comunidade emigrante
portuguesa da Nova Inglaterra, maioritariamente açoriana, através de um discurso direto, onde se pretendeu captar um momento na vida e história deste grupo de pessoas.